Jun 21, 2007

Entre o café e as pílulas

O ponto

na ascensão do vapor
o imaginado se mistura
por entre as formas estáveis
do que é palpável

os dias são as partes mais definidas do tempo
círculos fixos à deriva
do sonho por isso sou o ponto
entre o café e as pílulas

o micro-ato

4 comments:

daniela said...

Precisar de ajuda pra não dormir quando precisamos estar acordados, e pra desligar quando precisamos dormir...
Onde é que já vi isso? Maldita rotina, e dias iguais. Só os fds da minha mãe me permitem separar uma semana da outra.

Gorda said...

Querido...pela primeira vez no seu blerg (que amiga desnaturada), e gosto do que estou vendo...Amo seus poemas...amo você! Beijinhos

Má said...

nosa, não entendi nada
HAHAHAHAHAHA
até amanhã
=)

Kah said...

Profundo.Não sei por que a primeira parte me fez imaginar alguém passando café,hehe...Um beijo e lindo domingo!!!