Jul 29, 2008

Agradecimento

Hoje posto novamente um poema feito há algumas semanas. Posto em agradecimento ao Carpinejar pela excelente oficina que ministrou ao longo destes dois últimos meses. Posto também em agradecimento pela indicação que o poeta fez ao meu livro num programa de TV aqui de Porto Alegre. Claro que ainda mantemos diferenças quanto ao fazer poético, até porque o entendo com um escritor muito mais bem resolvido esteticamente do que eu, mas considero fundamentais estas diferenças pela minha busca constante de voz poética própria. Há um conceito fonológico denominado "formante", que seriam traços mínimos que distinguem uma vogal da outra. Digamos que estas oficinas com o Carpinejar acrescentaram um ou mais formantes a esta voz tão obsessivamente procurada. Se a arte ainda for possível, muita arte a todos nós!
p.s.: aos meus leitores porto-alegrenses, o programa referido é o "Radar" na TVE (RS).

o porto

minha cidade é o arquipélago
que surge do estuário
− digo minha por preguiça −
do fósforo gasto da usina
ao frio agarrado aos morros
minha ilha se estende

se acaso singro o quadrante
milha além dessas linhas
naufrago na polidez
se salvo preso aos escombros
da ilha antagônica
sofro correntes marítimas

ser estrangeiro é esperar pela praia

5 comments:

FlaM said...

Querido, o melhor é esperar na Rua da Praia - lá no alto, comendo um cachorro-quente na Princesa com guaraná Caçula, ou um sanduíche da Primavera.
Ai, Guto, passeios gastro-mneunômicos da minha porto alegre...
E aí já te destes conta das saudades de nossos passeios poéticos?
Saudades, Flávia

[im]palatável said...

Oi Guto,
o Carpinejar te falou quando vai passar o programa? Posta, se souberes.
Nos vemos no próximo módulo, então?

Beijos, Alê

Guto Leite said...

oi Flá, obrigado pela dica. Por aqui, por enquanto, sempre encasulado, enclausurado, talvez. Quando vens?

oi Lê, na verdade, foi ontem. O Carpinejar não sabia qual dia dessa semana seria. Aí fui ver ontem e era. Foi bem legal! Fiquei bastante feliz! Obrigado pela visita, espero que volte sempre que quiser...

Mimi said...

opa, eu lembro desse...

Sabe que blogs como o seu me calam?

tantas vezes nem sei o que dizer...

Guto Leite said...

Obrigado, Mimi... sem palavras...