Mar 3, 2008

Monet


O silêncio normalmente é um grande indício de desacerto. Para mim, indiscutivelmente. O que, com certeza, é discutível é por que se diz "acerto" tal ou qual coisa. Tomo o "acerto" - e sua contraparte, obviamente - como uma ilha de sentido dentro do resto. O ato é composto de ambos simultaneamente em todas as suas manifestações! Mesmo o ato mais descabido pode soar acerto a alguém, enquanto aquilo que da maioria brotam aplausos, certamente desfalece num rosto enviesado lábios tristes...

Acerto e desacerto são os apoios da ponte. Não de qualquer ponte, desta. Do lado que se está vindo. Agora dizer qual é um, qual é outro, seria injustiça demais da minha parte...

1 comment:

daniela said...

É por isso que a existência e as relações são tão complicadas! =/

P.S.: enquanto isso e apesar de, o dia nasce lindo, com a calma da primavera.