Dec 5, 2007

Saco de gatos

Sabe o que eu poderia fazer agora mesmo? Deitar-me na primeira cama que encontrasse, sobre os lençóis, e embalar-me. Embebedar-me. Emburrar-me. Embaraçar-me. Embaralhar-me. Embrulhar-me. E ir embrulhando, embrulhando, desenfiar o braço pela boca e pregar do lado de fora: “Gatos”.

2 comments:

Marco A. Domingues said...

Surreal... Literalmente surreal

dani_dm said...

Sim, a Spix é feliz. Dorme, embrulha-se e é ligeiramente burra. Aliás, há algum tempo (tipo, quase 20 anos), tive, pela 1ª vez, a sensação de que só os realmente burros são felizes. Ah, e se for possível n ter a noção de q um dia todos vão morrer, melhor ainda! O pack felicidade está completo! Agora me diz: pq eu, convicta de tudo isso, tento encontrar a felicidade, e ao mesmo tempo me afastar da burrice, além de ficar a conhecer mil e uma causas de morte diariamente. E eu chamei os ignorantes de burros, n foi?